Como solicitar um Empréstimo no BNDES?

Neste artigo vamos explicar como é possível solicitar um empréstimo no BNDES, mas antes disso, você sabe o que é o BNDES?

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) é uma instituição particularmente importante para canalizar crédito de longo prazo em mercados financeiros menos desenvolvidos, o qual tem como objetivo oferecer financiamentos e realizar investimentos em diversificados segmentos da economia do Brasil.



No Brasil, o BNDES evoluiu de um fornecedor de crédito de longo prazo para uma instituição financeira mais complexa. É válido ressaltar que o BNDES foi a ferramenta mais importante utilizada pelo governo brasileiro como resposta para as constantes recessões em que o país se encontrou ao longo dos anos.

Para diversos países emergentes, locais como o BNDES devem ser uma solução viável para a construção de instituições e mercado financeiro de longo prazo e o desenvolvimento de capital humano especializado. Não obstante, eles também representam riscos, centrados em questões como escalabilidade e ineficiência.

A busca por empréstimos e crédito no BNDES é uma atividade chave para o mercado, pois permite que pequenas e grandes empresas consigam alavancar suas vendas e crescer no mercado.



Sou dono de uma pequena ou média empresa, posso solicitar um empréstimo no BNDES?

Os empréstimos do BNDES não são limitados apenas a grandes empresas, contudo, pequenas e médias empresas devem seguir algumas regras para ter acesso a esse auxílio monetário.

O primeiro problema que esses empreendimentos possuem é associado ao BNDES não ser um banco de varejo comum, com uma loja física e com um gerente para atender os empreendedores, ao contrário de bancos comerciais.

Na verdade, quando uma empresa quer um empréstimo do BNDES de até 20 milhões, bancos como o Bradesco e Banco do Brasil são mais acessíveis.

Contudo, quando excede esse valor, o montante sai da esfera dessas instituições e é necessário que a empresa recorra ao BNDES.



Mas para você empreendedor que está projetando um negócio ou dono de uma empresa, como proceder para conseguir um empréstimo nessa instituição financeira?

Como já mencionado, o BNDES é um banco bastante criterioso para liberar empréstimos, por isso ele traz algumas regras.

Primeiro, suponha que você vá pedir um dinheiro para os seus pais para investir, será necessária uma explicação, correto?

Para isso, é fundamental que o empreendedor possua um negócio organizado, e diga para o banco o quanto pretende gerar de receita e qual será o período de retorno do valor para a instituição bancária.

A melhor forma de conseguir esse objetivo é por meio de um plano de negócios. Existem diversas ferramentas e planilhas que servem de auxílio para um planejamento bem elaborado. Contudo, para conseguir valores coerentes com a realidade, o ideal é que o empreendedor procure uma empresa de consultoria empresarial, para conseguir resultados mais assertivos.



Se você já tiver uma empresa aberta, o procedimento é mais simples, basta falar com o gerente de seu banco filiado que gostaria de um empréstimo no BNDES, essa menor burocracia é resultado da sua análise de crédito já ter sido realizada.

Assim que você abre uma conta no banco, a instituição irá analisar a sua empresa, o Cadastro de pessoa jurídica (CNPJ) e o seu CPF. Obviamente, o corpo financeiro irá querer saber quem é você e se já teve algum problema com dinheiro, como inadimplência, existência de cheques sem fundo e se a empresa possui algum protesto ou não.

Outro ponto relevante é se você já pegou um empréstimo anteriormente e fez o pagamento de maneira assertiva.

Todos esses fatores são levados em consideração para que você consiga crédito, junto ao BNDES. Pois, caso você queira fazer esse empréstimo, irá ter que se dirigir para o banco que você tem conta – da sua empresa – e uma vez que o BNDES aprove, o valor será creditado.

Sendo que para muitas empresas o banco já fornece o serviço de crédito pré-aprovado, ou seja, você recebe o cartão do BNDES e com esse cartão você consegue fazer aquisição de insumos, material para sua empresa trabalhar etc. Ou seja, o processo é bem simples.


Antigamente, para você conseguir pedir um empréstimo no BNDES era necessário no mínimo 60 dias, além disso, a contingência de empresas que não tinham sucesso era enorme.

Hoje é diferente, pois a análise de crédito de um CNPJ e CPF pelo banco só leva 3 dias. Ou seja, nesse mínimo intervalo de tempo você já irá obter a sua resposta, se o empréstimo foi validado ou não pela instituição monetária.

A diminuição da burocracia leva pequenas empresas a obterem maiores receitas para investimentos, e caso o planejamento seja adequado e o lucro viável, é evidente que você terá maior possibilidade de receber o benefício do banco.



Além disso, para você empreendedor, é muito melhor pegar um empréstimo como BNDES, que como o nome já diz, é voltado ao desenvolvimento nacional do que com os bancos comerciais. Pois, junto ao BNDES, lá você irá encontrar o que é conhecido no mercado financeiro como TJLP (taxa de juros de longo prazo).

Dessa maneira, o BNDES terá uma taxa de juros pequena e irá querer a devolução do dinheiro que foi emprestado em longo prazo.

A finalidade do BNDES não é obter lucro em cima dos seus clientes, mas sim possibilitar o desenvolvimento de pequenas e grandes empresas, ao contrário dos bancos que geralmente você possui conta.

Isso ocorre porque uma empresa privada, nesse caso, um banco comercial, precisa de lucro, pois a instituição foi criada para isso, basta observar as taxas absurdas. Logo, é pouco provável que esse tipo de organização faça divulgação das vantagens do BNDES.

Por isso, é muito melhor você fazer um empréstimo junto ao BNDES. Pois se o banco comercial tiver que escolher entre te empurrar esse serviço com um juros elevados e te informar as vantagens do BNDES e te fornecer o empréstimo por ele onde a taxa é menor, é evidente que a escolha deles será a primeira.

Dessa forma, o banco irá querer que você pegue o dinheiro com ele, e certamente vai te orientar de maneira equivocada. Por isso você jamais irá entrar em um banco comercial e encontrar uma propaganda do BNDES.

Sou pessoa física e não tenho uma empresa, posso solicitar um empréstimo no BNDES?

Caso você não possua CNPJ, ou seja, uma empresa legalmente constituída, infelizmente não será possível o empréstimo no BNDES, isso ocorre porque para ter acesso ao serviço você precisa atender os pré-requisitos:

  • Ter uma empresa já formada
  • Ter um plano de negócios desse empreendimento e da projeção de mercado e vendas
  • Ter um fiador ou patrimônio com valor similar ao valor financiado

É preciso que você compreenda que mesmo um banco com anseios para o desenvolvimento nacional, ele ainda é um empreendimento que quer retorno, mesmo que seja mínimo.

Dessa maneira, o banco quer o dinheiro de volta junto à taxa de juros.  Então, é fundamental que a instituição tenha uma garantia sobre esse retorno, algo que é muito difícil para uma pessoa que não possui bens ou um empreendimento já legalizado.

Por melhor que seja a sua ideia ou projeto, é fundamental que você tenha garantias, ou seja, formas de bancar essa ideia. Caso contrário, sem garantias reais o processo é inviável.



Isso ocorre, porque caso o seu investimento der errado, o banco ficará sem benefício algum. Assim, o grande foco do BNDES é para negócios já consolidados, pois a garantia de um retorno financeiro, ainda que seja mínimo, é mais assertivo.

Contudo, mesmo com a burocracia, pegar um empréstimo no BNDES ainda é uma das melhores opções, tanto pela menor taxa de juros quanto pelo longo prazo de pagamento, que é justamente o contraponto das instituições financeiras privadas.