You are currently viewing Tive o MEI Cancelado: E agora? O que fazer?
mei cancelado

Tive o MEI Cancelado: E agora? O que fazer?

  • Post category:MEI

Você sabia que não cumprir com as obrigações enquanto microempreendedor individual pode fazer você ter o MEI cancelado?

É isso mesmo. Apesar da modalidade MEI ter sido criada com o objetivo de simplificar a vida dos empreendedores que desejam se formalizar, existem obrigações que precisam ser cumpridas para evitar que a empresa tenha problemas no futuro.

Então, vamos entender o que significa ter MEI cancelado, em quais situações isso pode acontecer e, caso isso aconteça com você, o que você pode fazer?

O que significa ter MEI Cancelado?

Ter o MEI cancelado significa dizer que a inscrição do CNPJ daquela empresa foi cancelada. Neste caso:

PUBLICIDADE
  • o empreendedor perde a inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica daquela empresa, ou seja, o CNPJ da empresa não poderá mais ser usado
  • com isso, todos os alvarás e licenças concedidos para esse CNPJ são perdidos
  • assim como é perdida a inscrição como MEI nas administrações tributárias estadual e municipal

O cancelamento MEI é regulamentado por meio da resolução nº 36, de 2016 estabelecida pelo Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – que regulamenta a Lei Complementar 123, de 2006.

Em que casos uma empresa pode ter o MEI cancelado?

Isso acontece quando a empresa não cumpre com as suas principais obrigações como microempreendedor individual, que são:

  • pagar mensalmente o Documento de Arrecadação do Simples Nacional, a guia DAS MEI
  • e entregar anualmente a Declaração Anual de Arrecadação do Simples Nacional, chamada de DASN SIMEI

Quando o empreendedor fica sem pagar o DAS por alguns meses ou não entrega a declaração anual, ele corre o risco de ter o MEI cancelado.

O cancelamento das empresas inadimplentes é realizado todos os anos, no período de 1o de julho a 31 de dezembro

PUBLICIDADE

Mas, é importante que eu diga que, antes de ter o MEI cancelado, primeiro o CNPJ é suspenso. 

Se o MEI for suspenso, o empreendedor tem até 90 dias para pagar todas as taxas e regularizar a situação da empresa. Desta forma, o MEI é reativado, o empreendedor pode continuar usando o mesmo CNPJ e obter todos os seus direitos enquanto MEI.

Mas, quando a situação da empresa não é regularizada no prazo previsto, o resultado é ter o MEI cancelado.

Vale a pena fazer uma observação: existem outros motivos que podem levar a empresa a ser desenquadrada como MEI. Mas isso não significa que a MEI é cancelada, ou seja, o CNPJ continuará ativo, mas a empresa terá que trocar de modalidade, se transformando em uma ME. Isso acontece com a MEI passa:

PUBLICIDADE
  • a ter vínculo com algum outro CNPJ, como, por exemplo, uma empresa que abre uma filial;
  • a ter a atividade da empresa excluída das atividades que são permitidas para MEI ou acrescentar uma outra atividade que não seja permitida.
  • a contratar um funcionário e não registrá-lo devidamente, ou contratar mais de um funcionário
  • ou ultrapassa o limite de faturamento permitido para as empresas enquadradas como MEI.

Tive o MEI cancelado. Posso reverter a situação?

Não. Depois de ter MEI cancelado, não é possível voltar atrás. Quando acontece isso, o empreendedor terá que abrir uma nova empresa. Essa nova empresa pode ser MEI, mas o CNPJ será outro, uma vez que não é possível aproveitar o CNPJ de uma empresa que foi cancelada.

E, para abrir a nova MEI, o empreendedor deve preencher os mesmos pré-requisitos de quando abriu a sua primeira MEI:

  • não ser sócio, titular ou administrador de nenhuma empresa 
  • ser maior de 18 anos, ou maior de 16 anos emancipado
  • atuar em uma atividade permitida para MEI 
  • e faturar até R$ 81 mil por ano.

Lembrando que, ter MEI cancelado não isenta o empreendedor de pagar todas as dívidas em aberto relativas ao CNPJ que foi cancelado, como por exemplo, o pagamento das contribuições que não foram pagas. 

Essas dívidas serão cobradas pelo governo, do empreendedor que era responsável pelo MEI cancelado, dentro de um prazo máximo de 5 anos.

PUBLICIDADE

Antes do cancelamento MEI, existe algum aviso prévio?

Antes de cancelar as MEIs, o Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios, criado para tratar do processo de registro e de legalização de empresários e de pessoas jurídicas, publica as informações das MEIs que serão canceladas.

Quem deixou de entregar a declaração anual da MEI nos últimos anos ou está inadimplente em relação ao pagamento da DAS mensal é importante ficar de olho, para evitar se pegue de surpresa.

Isso porque, antes do cancelamento, você consegue revertê-lo regularizando a situação fiscal da empresa.

Como saber se a MEI foi cancelada?

É possível saber se a MEI foi cancelada, consultando o portal de empresas do governo federal, no endereço https://www.gov.br/empresas-e-negocios/pt-br/empreendedor.

PUBLICIDADE

MEI cancelada

Clique em “Já sou MEI”. 

Em seguida, clique em “Consulta CNPJs cancelados”.

mei cancelada

PUBLICIDADE

Na página seguinte, clique em “Consultar CNPJ Cancelados”.

consulta mei cancelada

Na página que se abrirá, insira o CNPJ que deseja consultar, bem como o CPF do titular da empresa. Repita os caracteres de segura e clique em “Consultar”, para saber se a MEI foi cancelada ou não.

como consultar mei cancelada

PUBLICIDADE

Assista o nosso vídeo sobre ter o mei cancelado:

 

Deixe uma resposta