Como Sair do Cadastro Único?

Como Sair do Cadastro Único?

O Cadastro Único é um banco de dados para programas sociais. No entanto, muitas pessoas têm se perguntado como sair do Cadastro Único.

O movimento contrário tem sido procurado por aqueles que desejam desvincular seus dados dos programas sociais e se desenquadrar dos programas.

Quando uma pessoa que tem acesso ao Bolsa Família tem um aumento de renda e, portanto, passa a não ser enquadrado no programa, ele, por si próprio, pode solicitar o desenquadramento.

Nesses casos, saber como sair do Cadastro Único é fundamental.

PUBLICIDADE

Nos tópicos abaixo iremos explicar como proceder para deixar o bando de dados de programas sociais do Governo Federal. Confira!

 

Afinal, Como Sair do Cadastro Único?

Assim como o processo de inscrição no Cadastro Único, como detalhamos neste artigo, para descobrir como sair do Cadastro Único, é necessário que o indivíduo se dirija ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) de seu município.

Em alguns locais, o CRAS funciona em prédios independentes, enquanto em outros municípios ele opera nas dependências da própria prefeitura.

Desse modo, o primeiro passo é saber onde o CRAS da sua cidade atua e, em seguida, se dirigir até ele com seus documentos pessoais e questionar sobre como sair do Cadastro Único.

PUBLICIDADE

Os profissionais irão explicar como funciona e o procedimento poderá ser iniciado. Porém, quando isso ocorre, benefícios que você eventualmente esteja recebendo provavelmente serão cortados, como o Bolsa Família, por exemplo, já que um dos requisitos é compor o banco de dados do Cadastro Único.

 

Por Que Sair do Cadastro Único?

Além de saber como sair do Cadastro Único, é importante entender em quais situações a exclusão cadastral pode ser necessária.

Os principais fatores que exigem a exclusão de um membro do Cadastro Único são:

  • Falecimento familiar;
  • Não localização da família por período igual ou superior a 48 meses anos;
  • Recusa, por parte da família, em prestar informações;
  • Comprovada a omissão de informação ou a prestação de informação inverídica pela família;
  • Solicitação da família;
  • Decisão judicial.

 

Como Saber se Estou no Cadastro Único?

Se, além de saber como sair do Cadastro Único, você precisa saber se está inscrito no banco de dados, então você pode seguir por alguns caminhos possíveis.

PUBLICIDADE

A forma mais simples de consultar a inscrição é diretamente no site do CadÚnico. Para consultar dessa maneira, siga o passo a passo abaixo:

  • Acesse o site oficial do Cadastro Único ou clique neste link e você será redirecionado à página;
  • Em seguida, preencha o formulário informando seus dados pessoais: nome completo, data de nascimento, nome completo da mãe, e indique o estado e município onde reside;
  • Para finalizar a consulta, clique em “Emitir”;
  • Caso você esteja inscrito no Cadastro Único, o comprovante de inscrição será gerado.

Outra forma de realizar a consulta, é por meio do aplicativo – que é disponibilizado tanto para aparelhos Android quanto iOS (iPhone e iPad).

Após realizar o download em sua loja de aplicativos (App Store ou Play Store), abra o programa e toque em “Entrar”.

Então você deverá preencher seus dados no formulário exibido, os mesmos dados que são solicitados no site: nome completo, data de nascimento, nome completo da mãe, e indique o estado e município onde reside.

PUBLICIDADE

Ao avançar, se você fizer parte do Cadastro Único, uma certidão comprobatória será exibida e você poderá salvar no seu dispositivo.

Por fim, existe uma outra alternativa para realizar a consulta: por contato telefônico.

Se você optar por essa modalidade, basta ligar no telefone 0800 707 2003 e teclar a opção 5. Em seguida você deverá informar seus dados e então poderá verificar se está integrando o banco de dados do Cadastro Único.

Além disso, é válido ressaltar que por meio do contato telefônico você pode obter mais informações sobre como sair do Cadastro Único.

PUBLICIDADE

Os horários de atendimento do canal telefônico são:

  • 07h às 19h de segunda a sexta;
  • 10h às 16h nos finais de semana e feriados.

Deixe uma resposta