Como Consultar Meu Bolsa Família Pelo Meu Nome

Como Consultar Meu Bolsa Família Pelo Meu Nome

Saber como consultar meu Bolsa Família pelo meu nome é muito útil para conferir saldo e situação cadastral sem precisar ir a uma agência da Caixa, CRAS ou Casa Lotérica.

Além de ajudar na subsistência de famílias em situação de vulnerabilidade social, o Bolsa Família ajuda a movimentar a econômica do país.

Para tornar o benefício ainda mais democrático, o Governo Federal vem traçando estratégias para informatizar os serviços. Neste artigo, ensinamos como utilizar o aplicativo do Bolsa Família.

No entanto, muitas pessoas ainda têm dificuldades em acessar esses serviços e efetuar consultas. Pensando nisso, preparamos um guia onde você irá aprender como consultar meu Bolsa Família pelo meu nome.

Continue lendo e tire suas dúvidas.



Como Consultar Meu Bolsa Família Pelo Meu Nome?

Para saber como consultar bolsa família pelo nome, é necessário ter acesso a um computador ou celular com conexão à internet.

Em seguida, siga o passo a passo abaixo:

  • Abra o site de Consulta Pública Bolsa Família clicando neste link;
  • Em seguida, clique na opção Consulta benefícios por Família, como indicado abaixo:como consultar meu bolsa familia pelo nome

Na página seguinte, preencha o CPF, o NIS e o nome do responsável pelo benefício nos campos ilustrados abaixo, e então clique em Consultar:Logo em seguida a situação cadastral e o extrato do Bolsa Família será exibido para consulta. Lembramos que esse serviço é totalmente gratuito. Então, atenção porque se houver qualquer tipo de cobrança para efetuar a consulta, trata-se de fraude.

Se você quer saber como consultar meu Bolsa Família pelo meu nome, também pode efetuar a busca presencialmente, em unidades de atendimento como CRAS, Prefeitura Municipal ou em Casas Lotéricas.



Como Saber se Meu Bolsa Família Foi Aprovado?

Se você se inscreveu no Bolsa Família, mas ainda não obteve resposta quanto a aprovação, pode efetuar consulta para acompanhar o status.

Abaixo trouxemos o passo a passo para quem deseja efetuar a consulta diretamente pelo Portal da Transparência do Governo Federal. Confira:

  • Acesse o site do Portal da Transparência clicando neste link;
  • Em seguida, clique em Consultas detalhadas e depois em Benefícios ao cidadão, como indicado na imagem:como consultar meu bolsa familia pelo meu nomeEntão, sob o menu Filtro, clique em Tipo de Benefício;consultar meu bolsa família pelo meu nomeSelecione a opção Bolsa Família, informe o período de consulta desejado e clique em Consultar:Selecione a UF, o município e finalize clicando em Detalhar no nome da pessoa que deseja verificar se o benefício foi ou não concedido.



Como Receber o Bolsa Família?

Agora que você sabe como consultar Bolsa Família pelo nome do beneficiário, pode estar se perguntando como receber o benefício.

Essa dúvida é especialmente comum entre as pessoas que o recebem há pouco tempo e não estão familiarizadas com o procedimento.

Ressaltamos que o saque do benefício pode ser feito tanto nos caixas eletrônicas das agências da Caixa Econômica Federal, quanto em casas lotéricas e postos do Caixa Aqui.

Para isso, é necessário que esteja com seu cartão. No entanto, é importante destacar que o benefício só poderá ser sacado após sua devida aprovação.

Além disso, também é possível efetuar o recebimento do bolsa família dentro de agências da Caixa. Essa é a melhor opção para quem não está com o cartão, já que, nesse caso, é possível receber apenas com u documento de identificação com foto, como CNH ou RG.



Quem Tem Direito ao Bolsa Família?

O programa Bolsa Família foi criado para atender família em situações de vulnerabilidade social.

Dessa maneira, as famílias que recebem o benefício têm direito a um valor mensal para subsidiar suas necessidades básicas e escolares de crianças e adolescentes.

O valor a ser recebido depende de alguns fatores, como a quantidade de dependentes da família.

O bolsa família é regulamentado pela Lei nº 10.836 de 2004 e, de acordo com a legislação, o benefício está limitado a um por família, e é destinado às unidades familiares que tenham em sua composição crianças e adolescentes de 0 a 15 anos de idade e apresentem soma da renda familiar mensal e dos benefícios financeiros igual ou inferior a R$ 70,00 per capita.



Deixe uma resposta