Como funciona o empréstimo com portabilidade de salário?

Como funciona o empréstimo com portabilidade de salário?

Você já ouviu falar em empréstimo com portabilidade de salário? Sabia que essa pode ser uma opção com condições de pagamento mais vantajosas do que as linhas de crédito pessoal convencionais?

Reunimos neste compilado as principais informações a respeito do empréstimo com portabilidade de salário para que você tire suas dúvidas e faça o melhor negócio para você e para seu bolso! Acompanhe:

Entenda O Que é Portabilidade de Salário

Antes de abordar o empréstimo com portabilidade, vamos entender mais detalhadamente como a portabilidade de salário funciona.

Esse recurso confere ao requerente que possui conta-salário a possibilidade de escolher um banco em que queiram receber sua remuneração mensal. A partir disso, a portabilidade pode ser requerida em conjunto com um empréstimo.

Essa opção pode ser acionada tanto por funcionários públicos quanto por trabalhadores do setor privado, desde que possuam contas-salário.

Com a portabilidade, os trabalhadores têm a possibilidade de migrar seus salários a outros bancos que não sejam aquele que a empresa empregadora tem convênio.

Ou seja, embora ainda seja necessário abrir a conta-salário onde seu empregador exigir, é possível solicitar a portabilidade para trocar o banco aonde continuará recebendo-o.

Como Funciona o Empréstimo Com Portabilidade de Salário?

O empréstimo com portabilidade de salário é uma opção de linha de crédito que alguns bancos têm oferecido para quem efetua a portabilidade de conta-salário.

Os pagamentos das parcelas do empréstimo com portabilidade normalmente são feitos com débito em conta, o que facilita e agiliza o processo de quitação do débito.

É preciso esclarecer, no entanto, que empréstimo com portabilidade de salário não é a mesma coisa que empréstimo consignado, ainda que o pagamento seja debitado diretamente da conta do titular.

Esse débito não é feito na conta salário, mas sim na data escolhida pelo contratante, de acordo com o contrato do crédito.

Contudo, vale ressaltar que as instituições bancárias e financeiras que oferecem a opção de empréstimo com portabilidade de salário ainda são escassas. O Nubank é um dos exemplos. Nessa instituição, quem optar pela portabilidade salarial poderá se valer de taxas de juros menores ao contratar linhas de crédito, já que a análise de crédito pode ser feita de forma mais precisa e rápida!

Como Fazer Empréstimo Com Portabilidade de Salário no Nubank?

O Nubank é uma das principais fintechs de banco digital e uma das empresas pioneiras no segmento, oferecendo serviços bancários totalmente digital, com isenção de taxas, anuidades e cobranças referentes à manutenção de conta.

Dentre os serviços e soluções oferecidos pela instituição, inclui-se o empréstimo com portabilidade de salário.

Para fazer a solicitação dessa modalidade de crédito, basta seguir o passo a passo indicado pelo próprio banco descrito abaixo:

  • “Clique no app do Nubank e faça login
  • Escolha a opção “Empréstimo com portabilidade de salário”;
  • após isso, você terá que responder qual o valor que deseja, número de parcelas e colocar a data para o primeiro pagamento
  • Selecione “Trazer salário”;
  • Leia todas as informações que apareceram na sua tela e clique em “Continuar com portabilidade”
  • Digite o CNPJ da empresa em que trabalha e aperte continuar. Esta informação pode ser encontrada no seu holerite ou na carteira de trabalho.
  • Insira a razão social (nome) do seu empregador;
  • Informe o banco que sua empresa deposita o seu salário
  • Coloque a sua senha de 4 dígitos do app do Nubank;
  • Para confirmar a portabilidade e o empréstimo, na tela seguinte, clique em “Continuar com empréstimo”;
  • Confirme o valor solicitado e toque em “Contratar empréstimo”;
  • Pronto! O valor do empréstimo já vai direto para a sua conta do Nubank.”

Em contrapartida, se vocêpretende contratar empréstimo consignado e, com isso, driblar os juros abusivos, leia este post e confira tudo que você precisa saber antes de fazer a solicitação junto a seu banco!

 

Deixe uma resposta