FGTS Emergencial 1045: Pagamentos Adiados, Cadastros Incompletos e Calendário PIS/PASEP

FGTS Emergencial

Hoje vamos falar sobre dois assuntos: alguns problemas que estão ocorrendo com o pagamento do FGTS Emergencial e o pagamento do PIS PASEP.

Então, vamos ao que interessa.

Pagamento do FGTS Emergencial

A Caixa não está pagando o FGTS Emergencial a todos os trabalhadores que têm direito ao benefício, conforme o calendário que eles mesmos haviam divulgado.

Uma parte dos trabalhadores nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março, que deveriam ter recebido o depósito do FGTS Emergencial respectivamente nos dias 29 de junho, 6 de julho e 13 de julho, não viram o dinheiro chegar em suas contas.

A justificativa alegada pela Caixa e informada a alguns destes trabalhadores que estavam esperando o crédito que acabou não acontecendo, foi que o seus cadastros encontram-se desatualizados.



A Caixa também informou que o pagamento de quem não recebeu foi reprogramado para o calendário seguinte, desde que o trabalhador atualize os seus dados.

O problema é que as pessoas não foram comunicadas antes que deveriam atualizar os seus cadastros.

A única informação que receberam, quando foi divulgado o FGTS Emergencial, é que seria aberta uma conta no banco digital da Caixa digital para cada pessoa. E, o depósito do FGTS aconteceria automaticamente nesta conta. 

E somente agora, na data prevista para o depósito, elas souberam que precisavam atualizar os seus dados cadastrais.



Atualização do cadastro para receber o FGTS Emergencial

E se você faz parte dos 60 milhões de trabalhadores que têm direito a receber o FGTS Emergencial, deve estar se perguntando: será que meus dados estão atualizados? Como posso saber essa informação? E se eles estiverem desatualizados, como posso atualizar o meu cadastro?

Existem três formas de você consultar a situação do seu cadastro:

  • ligando para o telefone 111
  • através do aplicativo FGTS, disponível tanto para Android quanto IOS
  • e acessando o site do FGTS

Se existir alguma informação incompleta ou incorreta como endereço, nome da mãe, data de nascimento, dentre outras, será preciso atualizá-la primeiro para depois conseguir receber o FGTS Emergencial.



Calendário de Pagamento FGTS Emergencial 

De acordo com o calendário divulgado pela Caixa, o pagamento do FGTS Emergencial está sendo feito de acordo com a data de aniversário do trabalhador. 

Toda segunda-feira, desde o dia 29 de junho, está sendo liberado um novo mês de nascimento. 

Confira na tabela qual a previsão da data para depósito do seu FGTS Emergencial, onde o mês corresponde ao mês de aniversário do trabalhador e a data é quando o depósito é feito na conta digital do Caixa Tem:

Janeiro 29 de Junho Julho 10 de Agosto
Fevereiro 6 de Julho Agosto 24 de Agosto
Março 13 de Julho Setembro 31 de Agosto 
Abril 20 de Julho Outubro 8 de Setembro
Maio 27 de Julho Novembro 14 de Setembro
Junho 3 de Agosto Dezembro 21 de Setembro

 



Lembrando que esse dinheiro, quando depositado, só pode ser usado para transações via aplicativo Caixa Tem, ou seja:

  • pagamento de contas, como água, luz e telefone
  • pagamento de boletos
  • compras online
  • e compras presenciais, desde que o estabelecimento tenha a maquininha que permita a transação.

O saque em dinheiro só é permitido cerca de 1 a 2 meses após a data do depósito na conta digital, de acordo com um outro calendário.

Os nascidos em novembro e dezembro, por exemplo, só poderão sacar o dinheiro depois do dia 14 de novembro. Ou seja, quase cinco meses após o início dos depósitos.    

Existe também a possibilidade de antecipar esse saque. Confira aqui como você pode fazer isso, que já fizemos um vídeo sobre o assunto aqui no Instituto Montanari.



Pagamento do PIS PASEP 2020-2021

Agora, vamos mudar de assunto para o pagamento do PIS PASEP 2020-2021.

A partir de hoje, dia 16, começa a ser pago o Abono Salarial PIS PASEP 2020-2021 para trabalhadores nascidos em junho, no caso do PIS, ou com o benefício final 0, no caso do PASEP. 

Essa data é válida para quem não possui conta no Banco do Brasil ou Caixa, pois quem tem conta nesses bancos já recebeu o depósito do abono salarial diretamente em suas contas correntes.

Tem direito ao abono quem trabalhou com carteira assinada pelo menos 30 dias em 2019, recebendo, em média, até dois salários mínimos por mês.

O valor varia entre R$ 88 e R$ 1.045, de acordo com a quantidade de meses trabalhados no ano passado. 

Para saber se você tem direito ao benefício, você pode consultar a informação em dois canais:

  • no App Caixa Trabalhador
  • ou no atendimento Caixa ao Cidadão, através do telefone 0800 726 0207 



Calendário PIS

O PIS refere-se ao abono salarial para os trabalhadores do setor privado, cujo pagamento acontece de acordo com a data do aniversário, conforme o calendário:

Fotografia: Reprodução D.O.U



Calendário PASEP

O PASEP é o abono salarial dos servidores públicos. A data de pagamento varia de acordo com o número final da inscrição do trabalhador.

Confira o calendário de pagamento do PASEP 2020-2021:

Fotografia: Reprodução D.O.U

Confira também o vídeo que fizemos sobre o assunto: