KPI: O QUE É KPI? ALERTA IMPORTANTE SOBRE OS KPIs!

KPI: O QUE É KPI? ALERTA IMPORTANTE SOBRE OS KPIs!

O que é KPI?

KPI’s nada mais são do que indicadores centrais de um determinado negócio… Trata-se de uma sigla para Key Performance Indicators. Em outras palavras, são números que mostram, que relatam, que retratam como vai cada uma das áreas críticas da sua empresa.

A título de exemplo, basta você pensar nos indicadores financeiros da sua empresa, que informam como ela vai do ponto de vista financeiro. Do mesmo modo, também podemos ter indicadores de outras áreas… Indicadores que podem mostrar como vai a produtividade da sua equipe, como está a sua relação com seus clientes e por aí vai.

Os KPI’s são os indicadores principais (chaves). Como o próprio nome sugere, são os indicadores mais importantes para a gestão do negócio.

Mas preciso fazer um ALERTA: precisamos tomar cuidado com a lógica dos indicadores.

Mas… Por quê?

Porque estes indicadores devem ser objetivos. Eles devem retratar, na medida do possível, a realidade do seu negócio, da forma mais transparente e realista possível.

Somente assim as decisões tomadas serão mais assertivas, porque estarão baseadas em dados concretos e reais, e não em “achismos”, subjetividades, intuição… Enfim, em algo que não se possa mensurar.

Outra coisa importante: esses indicadores, além de objetivos, devem ser monitorados com regularidade e com consistência.

Quer saber o motivo?

Simples! Vejo muitos empresários que começam este trabalho de monitoramento e, depois de algum tempo, terminam abandonando alguns desses números. Consequência disso: muito tempo e trabalho jogado no lixo.

Mais uma coisa fundamental que gostaria de comentar, que é algo muito importante e um verdadeiro conselho para quem já trabalha com indicadores-chave dentro do negócio, é: muito cuidado pra não ficar colocando indicador para tudo. O excesso de indicadores pode ser um problema.

Se a criação de indicadores for levada ao extremo, pode ser que chegue um momento em que você gaste mais tempo para levantar esses indicadores e mais tempo para mantê-los atualizados, do que propriamente para de fato tomar decisões importantes a respeito daqueles mesmos indicadores.

Tome muito cuidado com isso, porque uma empresa com muitos indicadores, muitos processos, pode se transformar em uma empresa lenta, em um dinossauro. Aquela coisa lenta, arrastada e, sobretudo, muito burocrática. Este não é o objetivo, certo?

Então, trabalhe com poucos indicadores! Somente aqueles que são realmente fundamentais para a gestão do negócio. Trabalhe com um monitoramento consistente, eficaz e com atualização regular, de modo que os números reflitam a realidade da sua empresa.

Deixe uma resposta