Planejamento Estratégico na Crise – Como pode ajudar?

Como o nome já diz, o planejamento estratégico, é a elaboração de estratégias estudadas para serem implementadas no negócio e fazê-lo crescer e superar dificuldades. O planejamento estratégico é um processo gerencial que estuda as condições internas e externas para concretizar um desenvolvimento através de táticas eficientes.

Qual deve ser o meu posicionamento diante de uma crise?

Todo período de crise é sem dúvidas, um período de muitas incertezas e de adaptação a novos padrões. Porém, qual deve ser a sua abordagem para sobreviver a este momento e manter seu gerenciamento, faturamento e produtividade sob controle?



O segredo é agir rapidamente para evitar que a situação saia do controle e destrua sua reputação e anos de crescimento.

Como deve ser um planejamento estratégico?

Análise de recursos e características do negócio atual

Neste momento, deve ser feita uma análise geral do negócio para identificar como está a sua saúde e criar um planejamento com base nisso. Um passo maior que a perna nunca é bom, certo?



Existem algumas questões que devem ser consideradas, como:

    • Analisar o que funciona e o que pode ser alterado
    • Estudar como as alterações podem ocorrer e quais serão seus efeitos
    • Definir metas e analisar recursos para sua execução
    • Alocar capital em projetos de marketing de maior impacto, de acordo com o público alvo



 Cenário e tendência que a empresa está inserida

Você deve estudar como anda o cenário e qual é a sua tendência. Os cenários mudam muito rapidamente, portanto você deve fazer o máximo de análises possíveis considerando as mais prováveis e improváveis situações.

Assim, você prepara sua empresa para qualquer desafio ao longo da estrada.



Algumas etapas podem ser consideradas, como:

  • Analise quais cenários externos afetariam o seu negócio, para o bem e para o mal.
  • Faça reuniões com sua equipe para uma análise em grupo. Muitas cabeças juntas pensam melhor que uma sozinha
  • Existem três caminhos: o melhor, o pior e o razoável
  • Crie seu plano de ação

 Análise do setor



Faça uma análise profunda do setor que sua empresa se encontra. Assim, você encontra quais são as suas necessidades e poderá focar em supri-las. A partir desta análise, surgirão novas ideias que, se bem trabalhadas, se tornarão oportunidades de negócios.

Estudo de oportunidades

Neste momento, você deve estar atento ao seu redor e ao timing para agir. Toda oportunidade tem seu tempo, isso quer dizer que por mais que sua empresa tenha sucesso em um horizonte curto de tempo, é preciso sempre pensar no longo prazo e em sua preparação até chegar lá.

Definição de objetivos

Os objetivos tem que ser planejados, independentemente se forem de curto, médio ou longo prazo.



Com esses objetivos já definidos e em execução, fica mais fácil de conferir como a empresa está indo, se está dentro das metas e verificar se há problemas a serem corrigidos.

Desenho estratégico

O desenho estratégico é o plano de como a empresa irá usar suas atividades internas para gerar valor para si e seu mercado.

Não existe planejamento estratégico sem um plano de ação. Os planos de ação são como a empresa irá pôr em prática sua estratégia com um orçamento estipulado.



Táticas de guerra

As táticas de guerra há muito tempo deixaram de ser algo exclusivo às guerras e exércitos. Elas são usadas hoje também no mundo dos negócios para a criação do planejamento estratégico.

Tanto no mundo dos negócios como nas guerras, é preciso ser habilidoso para enfrentar os desafios, superar os obstáculos e a concorrência.

Como na guerra, o mundo dos negócios tem seus desafios: aumentar vendas, atrair mais clientes, diminuir custos. Todos esses pontos são fatores chave para um planejamento estratégico de sucesso.



Então como um bom líder tático, você deve pensar em todas as movimentações possíveis no campo de batalha e em como você será afetado com isso, seja para o bem ou para o mal.

Quando a crise bater à porta

A economia é formada por ciclos, de tempos em tempos, a crise bate à porta e o seu planejamento estratégico será a sua segurança e o que te fará crescer em meio ao som dos canhões.

Em meio ao caos, somos levados a tomar decisões e atitudes, que por muitas vezes, são equivocadas e poderão pôr em xeque todo o período de crescimento da empresa ou até mesmo sua existência no mercado.



Ter um planejamento estratégico bem estruturado nesse momento te permitirá tomar decisões mais racionais e assertivas, visualizar oportunidades e procurar soluções compatíveis com antigos e novos problemas do mercado e da sua empresa.

As crises estimulam as empresas a adotarem um processo de gestão cada vez mais dinâmico e eficiente e à necessidade de remodelar e especificar as metas levando em consideração os seus impactos.

Foco no longo prazo

Toda crise é cíclica, apesar de planos de urgência e soluções extraordinárias serem necessários, é fundamental pensar sempre no longo prazo.

Durante a criação do planejamento estratégico, perceberá que algumas perdas sofridas no curto prazo podem ser justificadas em razão do horizonte de longo prazo.



Não é algo fácil de ser aceito, porém, quando se trabalha com um planejamento tático eficiente, será possível identificar vantagens e oportunidades que surgirão a partir disto.

Estratégias para enfrentar a crise

Tenha um planejamento financeiro

É fundamental saber como anda a saúde financeira da sua empresa. Faça uma avaliação criteriosa de cada gasto e onde pode ser reduzido ativos, investimentos e gastos extraordinários. Assim, você terá uma noção real de qual é a situação da empresa.

Pense no melhor, se prepare para o pior

Quando você pensa no melhor, mas se prepara para o pior, você cria um ambiente resiliente a qualquer problema.



Inove

Não espere tudo se acertar magicamente, inove! Crie novos produtos, novas abordagens, estude o mercado e analise como a sua empresa pode superar a concorrência.

  • Quais são as objeções do seu produto? Encontre-as e antecipe-as, assim você eliminará qualquer dúvida sobre sua compra.
  • Quando for apresentar um produto, crie uma conexão com o cliente. Toque nas emoções.
  • Cada cliente pode, no mínimo, te apresentar outros 2 clientes.

 Durante os períodos bons, crie reserva de caixa

 Crises vêm e vão, portanto, durante o período de alto faturamento, crie reservas para sobreviver aos períodos de escassez; você pode até mesmo adquirir novos negócios e expandir seu Market share.

 Invista

Aproveite este momento de medo e incerteza para ter acesso a empresas e oportunidades com um preço menor. 

Reduza custos

Faça uma análise do balanço financeiro da sua empresa e reveja certos gastos que podem ser considerados desnecessários.

Conscientize a equipe

É fundamental que toda a equipe seja incluída nos planos da empresa. Transparência e clareza são importantes na comunicação para que a equipe entenda o planejamento estratégico e se comprometa com o seu sucesso

 Concluindo

O planejamento estratégico é fundamental para o bom funcionamento e desenvolvimento da organização, sem ele nada disso será possível.



Principalmente no setor de vendas, é preciso ter um planejamento coerente e eficaz para conquistar o cliente e fechar a venda, mantendo o faturamento alto e a equipe motivada, portanto, nenhuma crise, independente da sua intensidade ou duração, será um período fácil.

Nesse momento, é necessária a conscientização de toda a equipe para que juntos todas essas dificuldades sejam superadas.