Poupar e Investir, os Dois Pilares para a Independência Financeira

Poupar e Investir, os Dois Pilares para a Independência Financeira

  • Post category:Artigos

Quando a gente vai ficando mais velho, vem aquela necessidade de independência financeira cada vez mais forte… E é assim que os filhos se veem na obrigação e com a necessidade de sair de casa, viver às próprias custas e sem ter que depender mais de ninguém para subsistir. No entanto, as coisas não são tão simples assim e a maioria esbarra na falta de capital.

Tudo tem o seu momento e, com um pouco de paciência, conhecimento, aplicação e foco no que se deseja, essa independência financeira pode vir mais rápido do que se imagina.

POUPANDO…

Se você quer sair de casa, ter uma independência financeira que te proporcione tranquilidade e nunca mais precisar pedir apoio aos pais quando o assunto é dinheiro, só há um caminho a ser trilhado.

O primeiro passo da caminhada é você correr atrás de um emprego. Desse modo, aproveite para guardar esse dinheiro ganho, já que você ainda vive com seus pais e não tem aquelas despesas obrigatórias a serem pagas.

O hábito de poupar deve vir desde cedo, para que você se acostume e para que não seja difícil se adaptar a este estilo de vida. Mas, não adianta apenas trabalhar e poupar, esse dinheiro talvez seja pouco significante para as suas pretensões. O que fazer?

Qualificação é a palavra certa. Faça um curso técnico ou um curso superior, se especialize na área que você deseja e corra atrás das oportunidades. Se qualificar é a regra em um mercado cada vez mais apertado. E, enquanto você se qualifica, você poupa. Será necessário trabalhar e estudar… A vida às vezes é dura. Então, não reclame.

INVESTINDO…

Chegamos ao ponto capital que é o investimento. Você poupa, estuda, se qualifica e tem a chance de conseguir um emprego melhor. Mas, do que adianta isto se você não investe? A qualquer momento você pode perder o emprego, o país entrar numa crise e tudo o mais. Não há muito a ser feito nesse sentido. Entretanto, se você investe o seu dinheiro numa área que você gosta, conhece e quer trabalhar, as perspectivas mudam consideravelmente. Empreender é a melhor forma de você se tornar independente em todos os âmbitos de sua vida.

Muitos jovens que começam a receber uma boa quantia de grana desde cedo não sabem bem o que fazer com tanto dinheiro assim. E você não pode cair na armadilha da inexperiência. Fica muito mais fácil quando já se sabe o que deve ser feito e quando há instruções para isso. E muitos jovens não contam com esse benefício. Considere-se um sortudo!

O segredo é aprofundar-se na sua área, conhecer bastante o mercado, saber quais as faltas e as principais necessidades da população interessada. A partir disso, você já pode investir em um negócio próprio e iniciar a sua campanha empreendedora.

Uma segunda alternativa é investir num negócio alheio como um sócio. Há muitos casos desse tipo que dão certo, porém, o retorno pode não ser tão gratificante quanto investir num negócio próprio.

O que você deve saber é que as oportunidades estão sempre aparecendo e quando há um planejamento por trás, fica muito mais prático e provável de dar certo.

Amadurecer e se tornar independente pode ser uma das melhores sensações a serem sentidas, mas tenha muito cuidado para não errar. Por isso, planeje-se, livre-se das armadilhas e foque no seu objetivo.

Agora nos conte, qual é ou qual foi a principal dificuldade para você no processo de independência financeira?

O Instituto Montanari ACREDITA e INCENTIVA a SUA LUTA pelo SUCESSO, sempre!

Os artigos do Instituto Montanari estão em constante evolução. Aqui você também faz o conteúdo.

Você pode colaborar conosco, enviando sugestões e até os seus próprios textos. 

Ah, você também pode contar a sua história! Para tanto, converse conosco através do e-mail: 

contato@institutomontanari.com.br

Será um prazer imenso fazer contato contigo!

Obrigado!

Deixe uma resposta