Auxílio Doença 2021 Foi Reajustado: Confira Novo Valor

Auxílio Doença 2021 Foi Reajustado: Confira Novo Valor

O auxílio doença 2021 foi reajustado junto com o novo salário mínimo. O piso salarial nacional é dotado como índice referencial para a grande maioria dos benefícios previdenciários.

auxilio doença 2021

Anualmente o valor do salário mínimo é reajustado para que o trabalhador possa continuar tendo poder de compra e seu dinheiro não seja desvalorizado pela inflação. Neste artigo explicamos melhor como o reajuste do piso salarial funciona.

Muitos outros serviços são atrelados ao salário mínimo, como o auxílio doença 2021, por exemplo. Sendo assim, quando o mínimo é reajustado o valor do benefício também é alterado.

Neste texto você irá descobrir o novo valor do auxílio doença 2021 e poderá tirar suas dúvidas a respeito do benefício. Acompanhe:

Qual o Valor do Auxílio Doença 2021?

A correção sobre o valor do benefício auxílio doença 2021 tem como base o INPC – Índice Nacional de Preço ao Consumidor, que nada mais é do que a inflação do país.

O mesmo índice é utilizado para definir o reajuste que o salário mínimo sofre anualmente e por isso o valor de ambos são equivalentes.

O percentual de aumento do auxílio doença 2021, assim como dos demais benefícios administrados e pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social, foi de 5,45% em relação ao valor do ano passado, como indicado na Portaria publicada no Diário Oficial da União.

Na prática, isso quer dizer que que recebia um salário mínimo de benefício, que em 2019 correspondia ao valor de R$1.045, neste o valor do auxílio doença 2021 será de R$1.100 reais.

Mas é claro que nem todos recebem esse valor de benefício. Acontece que independentemente do valor do auxílio doença 2021, ele sempre é proporcional ao salário mínimo vigente.

Já o teto do INSS, ou seja, o valor máximo de benefício que poderia ser concedido, que era de R$6.101,06, passou a ser equivalente a R$6.433,57.

Quem Tem Direito ao Auxílio Doença 2021?

Para que um trabalhador tenha direito a receber o auxílio doença 2021, é necessário que cumpra certos requisitos.

O primeiro, é que possua a qualidade de segurado, ou seja, que seja contemplado pela Previdência Social e possa gozar de seus benefícios e amparo.

O segundo critério é que o requerente tenha cumprido a carência de doze meses. Ou seja, o trabalhador deve ter pago, no mínimo, doze contribuições ao INSS para que o auxílio doença 2021 seja concedido.

Em contrapartida, a exigência de carência não é necessária quando o segurado sofre um acidente de qualquer natureza, mesmo que não seja de trabalho. Nesse ponto, muitas pessoas costumam se confundir, já que quando há acidentes ou doenças laborais, como dentro do ambiente de trabalho ou no caminho de ida ou volta, por exemplo, o benefício que passa a vigorar é o auxílio acidente, que também é regulamentado pelo INSS.

Para dar entrada no auxílio doença 2021, o requerente deverá agendar uma perícia médica no INSS. O agendamento pode ser feito pelo telefone da previdência: 135, ou então pelo portal online Meu INSS.

Quais Doenças São Isentas de Carência?

Para ter direito à isenção de carência do auxílio doença 2021, o trabalhador, além de cumprir os requisitos elencados nos tópicos acima, precisa que sua enfermidade seja uma das dispostas na lista abaixo:

  • Alienação mental,
  • Doença de Parkinson,
  • Espondiloartrose anquilosante,
  • Nefropatia grave,
  • Estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante),
  • Esclerose múltipla,
  • Hepatopatia grave,
  • Neoplasia maligna,
  • Cegueira,
  • Câncer,
  • Paralisia irreversível e incapacitante,
  • Tuberculose ativa,
  • Hanseníase,
  • Cardiopatia grave,
  • Síndrome da deficiência imunológica adquirida (aids) ou
  • Contaminação por radiação.

Mesmo com a reforma da previdência mais recente tendo alterado diversos pontos relacionados a benefícios e condições para recebimento, a isenção de carência para doenças graves não foi alterada e o auxílio doença 2021, nesse aspecto, segue da mesma maneira.

Deixe uma resposta