Auxílio emergencial de 600 reais: Em Análise Eterna e Dados Inconclusivos

O Ministro Onyx Lorenzoni e o Secretário Executivo do Ministério da Cidadania, Antonio Barreto responderam ontem, perguntas sobre o Auxílio emergencial, em uma longa entrevista no programa Brasil Urgente da Band.

Também é importante saber que, foi aprovada a ampliação do pagamento do Auxílio Emergencial para mães adolescentes, portanto, menores de 18 anos.

Segundo informações divulgadas no programa, mais de 1.4 milhão de pessoas que se cadastraram do dia 7 até o dia 30 de abril foram analisadas e, já na próxima quinta-feira, poderão ver os resultados dessas análises, já que os dados estão sendo enviados para a Caixa Econômica Federal.


Antonio Barreto disse que essas análises tiveram que ser feitas quase que uma a uma e que, com essa nova leva de análises liberadas, estariam concluídas as análises de todas as pessoas que se cadastraram entre o dia 7 e o dia 30 de abril. Vamos ver se isso se cumpre, né?

Analisamos toda a entrevista, que durou mais e uma hora e separamos os trechos em que eles respondem a 3 perguntas específicas…

Perguntas importantes sobre o Auxílio emergencial

E quem está em análise? Como fica? Em quem está com aquela mensagem de “Requerimento Retido para Processamento Adicional” ou ainda, “Mais de uma pessoa da família já recebeu”?

Veja o Novo Calendário de pagamento da primeira parcela do Auxílio Emergencial!


Encontramos, por fim, um trecho em que o ministro fala que o Ministério está sim desenvolvendo uma solução para que contestações possam ser apresentadas por aquelas pessoas que tiveram o auxílio negado, por exemplo, porque o sistema disse que estavam recebendo seguro-desemprego.

Confira também o Calendário de pagamentos da segunda parcela do Auxílio Emergencial.

Vamos ver todos esses trechos organizados a seguir…

Assista ao vídeo a seguir…