Auxílio emergencial para as MEIs, micro e pequenas empresas: Veja o que está em discussão
auxílio emergencial para as MEI

Auxílio emergencial para as MEIs, micro e pequenas empresas: Veja o que está em discussão

Foi realizada na última sexta-feira uma audiência pública virtual da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio de Serviços para discutir sobre o pagamento de auxílio emergencial para as MEIs, micro e pequenas empresas.

Os deputados Helder Salomão, Zé Neto e Alexis Fonteyne foram os autores da requisição para a realização deste encontro, que também contou com a participação:

  • de Rogério Lins, como representante da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP);
  • de Ercílio Santinoni, presidente da Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais (Conampe);
  • de Silas Santiago, gerente de Políticas Públicas do Sebrae Nacional;
  • de Leonardo Pinho, presidente da Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários (Unisol Brasil);
  • de Maria Lúcia Fattorelli, presidente e coordenadora nacional da Auditoria Cidadã da Dívida;
  • de Paulo Feldmann, professor da Universidade de São Paulo (USP) Paulo Feldmann;
  • e de Tita Dias, empresária do ramo de gastronomia.

O objetivo da reunião foi discutir a situação das empresas e avaliar a possibilidade de instituir um auxílio emergencial para as MEIs, micro e pequenas empresas, debatendo com o parlamento brasileiro alternativas para a criação de uma política pública de fortalecimento a esse estratégico e fundamental segmento da economia.

Vamos acompanhar os principais momentos desse encontro e o que foi discutido?

PUBLICIDADE

Auxílio emergencial para as MEI, micro e pequenas empresas

O deputado Helder Salomão iniciou o debate lembrando que o Brasil, apesar de no início da pandemia, ter realizado um aporte de R$1,2 trilhão para os bancos brasileiros como forma de manter a liquidez do sistema bancário, foi um dos poucos países do G20, o bloco composto pelos 20 maiores países do mundo, que não criou auxílio emergencial para as MEI, micro e pequenas empresas, apesar da importância desse grupo para a manutenção da nossa economia.

Ercílio Santinoni, presidente do CONAMPE, destacou a importância desse debate no atual momento de segunda onda que estamos enfrentando. Santinoni apontou alguns caminhos através dos quais as micro e pequenas empresas poderão ser apoiadas.

O professor Paulo Feldman sugeriu algumas ações de apoio às micro e pequenas empresas.

Tita Dias, empreendedora, também comentou sobre a situação do segmento que ela conhece tão bem, por fazer parte dele.

PUBLICIDADE

O deputado Helder Salomão disse que todas as propostas discutidas de criação de um auxílio emergencial para as MEIs, micro e pequenas empresas, como as demais sugestões, inclusive as propostas enviadas pelas pessoas que acompanharam o evento ao vivo no canal do Youtube da Câmara dos Deputados, serão encaminhadas para os presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco.  

Assista o nosso vídeo completo com os momentos importantes dessa audiência pública virtual sobre auxílio emergencial para as MEIs:

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta