Extratos do INSS: Como tirar pela internet

Extratos do INSS: Como tirar pela internet

Vários serviços prestados pelo governo federal podem ser acessados pela internet e os extratos do INSS estão entre eles.

O extrato do INSS pode ser de pagamentos ou de recebimentos de benefícios e é totalmente realizado pela internet.

Além desses extratos do INSS, os aposentados e pensionistas têm direito à informações como, por exemplo, informações cadastrais.



Qual a diferença entre os extratos do INSS?

Existem vários extratos do INSS disponíveis para o contribuinte.

Um deles é o HISCON, que é o extrato ou Histórico de Empréstimo Consignado. Esse extrato do INSS permite que aposentados e pensionistas consultem os valores de empréstimos consignados descontados em seus benefícios.

O HISCON traz para o beneficiário informações sobre a margem da consignação atual bem como sobre os valores das parcelas e dos prazos de pagamento de contrato.

Outro importante extrato do INSS é o HISCRE , Histórico de Crédito ou Extrato de Pagamento de Benefício, ele comprova a renda dos beneficiários, nele são encontradas informações como data de pagamento do benefício, valores e banco em que o benefício é recebido.

Os extratos do INSS citados acima têm finalidades diferentes. O HISCON serve para, além do controle do próprio beneficiário, contratar empréstimos convencionais ou consignados. Enquanto o HISCRE serve para comprovar renda, conferir se o benefício está ativo e também qual a vigência dele em caso de benefício temporário.

Existe também o Extrato Previdenciário (CNIS) que é uma espécie de relatório onde constam todas as informações do trabalhador, como, por exemplo, valores dos salários, contribuições pagas e empresas onde ele trabalhou. É um dos documentos mais importantes na hora da aposentadoria.

E não menos importante, temos ainda, a Carta de Concessão de Benefícios, documento que mostra as principais informações do benefício aprovado, como, por exemplo, o valor, a espécie, o número e a forma de cálculo do benefício, bem como o banco onde o benefício será pago. Portanto, esse extrato é apenas para pessoas que deram entrada no pedido de benefício e estão aguardando a confirmação.

Já aqueles beneficiários que têm renda para declarar Imposto de Renda, podem solicitar o extrato específico para esta finalidade.



Como solicitar os extratos do INSS?

Os extratos do INSS são disponibilizados pela internet, no portal MEU INSS  ou pelo aplicativo que está disponível para android e IOS.

O segurado deve fazer o login no Meu INSS (caso não seja cadastrado, siga os passo indicados no site para se cadastrar), clique no botão “Do que você precisa?” e digite o nome do serviço que deseja solicitar, em seguida clique no lápis para informar o período de tempo desejado, e, então, finalize clicando na opção “baixar PDF”.

Caso queira retirar o documento presencialmente no INSS você pode agendar o atendimento no portal Meu INSS, no botão “agendamento/solicitações” e em seguida “Novo requerimento”, é só digitar o nome do serviço e seguir as orientações.

Em caso de problemas técnicos nos canais virtuais do Meu INSS, o segurado pode ligar para a Central 135.



Quanto tempo leva para retirar os extratos do INSS?

Em geral, o serviço é disponibilizado imediatamente para o usuário.

Para atendimentos realizados virtualmente o próprio segurado pode acessar e imprimir os documentos se desejar.

Em casa de atendimentos presencial em agências do INSS, o documento é entregue ao final do atendimento.

O serviço, em ambos os casos, é gratuito.



Qual a importância dos extratos do INSS?

Todos os extratos do INSS disponibilizados para o usuário são importantes e devem ser periodicamente consultados.

É importante que o segurado verifique se está recebendo os valores devidos corretamente (HISCRE) e se os valores dos empréstimos consignados contratados (HISCON) estão obedecendo ao contrato.

Em caso de qualquer divergência entre as informações contidas nos extratos do INSS o segurado deve procurar uma agência do INSS para regularizar a situação, uma vez que irregularidades podem resultar em bloqueio de benefícios.

Clique aqui, para saber mais sobre as regras da aposentadoria impostas pela Reforma da Previdência.



Deixe uma resposta