MEI pode ter sócio?

portal mei empreendedor

Essa é uma dúvida que muitos microempreendedores possuem: MEI pode ter sócio? Vamos esclarecer, de uma vez por todas, essa questão.

Como você talvez já saiba, o programa de Microempreendedor Individual simplifica a burocracia e os impostos necessários para se abrir uma empresa no país. 

Através do MEI é possível abrir um empreendimento e ter até um funcionário recebendo um salário mínimo. E tudo isso pagando apenas um valor mensal fixo em impostos (incluindo INSS, ISS e ICMS).

Apesar de ser uma ótima maneira de começar no mundo dos empreendimentos, o MEI também possui algumas limitações. Muitos microempreendedores ainda possuem dúvidas sobre alguns aspectos sobre as microempresas individuais, e saber se MEI pode ter sócio é uma delas.


Microempreendedor individual pode ter sócio?

Dentro das limitações impostas pelo modelo de MEI está a impossibilidade de ter sócio na sua empresa ou de participar de sociedade de outra empresa que não seja a sua. Ao lado dessa limitação estão outras como:

  • não poder exercer atividades fora daquelas que foram elencadas para MEI
  • não possuir mais de um estabelecimento
  • não ter mais de um empregado


Essas regras foram formalizadas pelo Artigo 91 da Resolução nº 94 de 29/11/2011, que colocamos abaixo:

“ Art. 91. Considera-se Microempreendedor Individual (MEI) o empresário a que se refere o art. 966 da Lei nº 10.406, de 2002, ou o empreendedor que exerça as atividades de industrialização, comercialização e prestação de serviços no âmbito rural, optante pelo Simples Nacional, que tenha auferido receita bruta acumulada nos anos-calendário anterior e em curso de até R$ 81.000,00 (oitenta e um mil reais) e que: (Lei Complementar nº 123, de 2006, art. 18-A, § 1º e § 7º, inciso III) (Redação do caput dada pela Resolução CGSN Nº 135 DE 22/08/2017, efeitos a partir de 01/01/2018).

I – exerça, de forma independente, tão-somente as ocupações constantes do Anexo XIII desta Resolução; (Lei Complementar nº 123, de 2006, art. 18-A, §§ 4º-B e 17) (Redação do inciso dada pela Resolução CGSN Nº 137 DE 04/12/2017, efeitos a partir de 01/01/2018).

II – possua um único estabelecimento; ( Lei Complementar nº 123, de 2006, art. 18-A, § 4º, inciso II )

III – não participe de outra empresa como titular, sócio ou administrador; ( Lei Complementar nº 123, de 2006, art. 18-A, § 4º, inciso III )

IV – não contrate mais de um empregado, observado o disposto no art. 96. ( Lei Complementar nº 123, de 2006, art. 18-C )”.


MEI pode ter sócio? Conclusão

Dessa forma, fica explícita a impossibilidade do MEI de ter sócio ou fazer parte de uma sociedade, ou seja, MEI não pode ter sócio

O que é permitido é que o MEI tenha um funcionário. Mas, atenção: a lei permite apenas a contratação de UM FUNCIONÁRIO e não mais que isso. 

A impossibilidade do MEI em possuir sócio não precisa ser um impedimento para que o empreendedor busque uma sociedade. O que deve ser levado em conta é que, para fazer parte de uma sociedade, será necessário modificar o enquadramento da empresa. 

E então? Pergunta respondida? O MEI não pode ter sócio, mas se a empresa está crescendo ou recebendo investimentos, nada impede que ela se enquadre em um novo tipo, como é caso de uma microempresa.