Rendimento Poupança: Vale a Pena?

Rendimento Poupança: Vale a Pena?

O rendimento poupança é uma das principais opções de investimento para quem não é adepto a outras modalidades existentes no mercado financeiro.

Isso se deve a inúmeros fatores: fácil acesso, já que a maioria das contas correntes possuem poupança integrada à conta bancária, além de não requerer grandes custos administrativos e não representar riscos aos titulares.

O rendimento oscila de acordo a Selic, que é a taxa de juros básica praticada no Brasil pelas instituições financeiras. Na prática, trata-se de uma opção de investimento para perfis ultraconservadores, já que os riscos são baixos, assim como a rentabilidade.

No mercado existem opções muito mais rentáveis que a poupança, mas que apresentam um percentual maior de risco ao titular.

Para analisar esse cenário e entender melhor sobre a Selic, neste artigo abordaremos como é definido o rendimento de poupança, além de algumas outras opções de investimentos. Continue lendo e tire suas dúvidas sobre o mercado financeiro.



Como é Definido o Rendimento Poupança?

Após a determinação da nova regra de rendimento poupança, a rentabilidade é relativa a 70% da taxa Selic, se ela estiver abaixo de 8,5%.

No entanto, os mais antenados com o mercado financeiro têm fugido da poupança como fonte de investimento. Isso porque o rendimento tem sido ínfimo neste ano. Até setembro de 2020, o rendimento ficou menor até mesmo do que a inflação.

Trata-se do pior rendimento de poupança desde agosto de 2016. Ou seja, a caderneta de poupança não ofereceu ganho real nos últimos doze meses, não entregando rentabilidade considerável aos investidores.

De acordo com o IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, ao levar em consideração a inflação do Brasil, houve um crescimento de 0,64% em setembro, ocasionando um acúmulo de alta de 3,14% nos últimos doze meses.

Esses dados divulgados pelo IBGE apontam que neste momento, quem busca lucratividade, a poupança não é uma boa opção.

Na prática, com a Selic a 2%, a caderneta tem rendido 0,11% ao mês.



O Que Ocasionou a Queda de Rendimento Poupança?

O rendimento poupança não é naturalmente alto. Como mencionado, trata-se de uma opção de investimento destinada a pessoas com perfil conservador, pois oferece baixo risco.

No entanto, nos últimos doze meses o rendimento esteve demasiadamente baixo, e isso se deve a alguns fatores pontuais. Dentre eles, o principal é a queda da Selic, que atingiu 2%, batendo um percentual historicamente baixo.

Vale ressaltar, ainda, que no mês de setembro de 2020, os depósitos ultrapassaram a quantidade de saque na caderneta de poupança, o que ocasionou estoque. Esse fenômeno fez com o país atingisse um recorde histórico: a marca de R$1 trilhão de reais aplicados.

Dentre outros fatores, é um consenso entre estudiosos do tema que esse cenário é favorecido pelo pagamento do Auxílio Emergencial, pago aos indivíduos que estão em condição de vulnerabilidade social ou que tiveram seus negócios prejudicados pela pandemia do novo coronavírus em 2020.



Como a Poupança Funciona?

Embora muitas pessoas sejam adeptas da poupança, nem todas sabem como ela funciona e como o rendimento é originado.

As contas poupanças permitem que você mantenha seu dinheiro em um lugar seguro enquanto ele recebe uma pequena quantia de juros ao mês.

Além do fato de que você terá menos chances de gastar o dinheiro alocado nesse fundo, depositar seu dinheiro em uma conta poupança é mais seguro porque é mantido em bancos, e não armazenado fisicamente em sua residência.

Na prática, quanto mais tempo o dinheiro é mantido na poupança, e quanto maior o valor aplicado, maior será o rendimento.

Outras opções de investimentos de baixo risco com rendimento superior à poupança incluem:

  • Certificado de Depósito Bancário – CDB;
  • Tesouro Selic;
  • Letras de Crédito Imobiliário – LCI;
  • Letras de Crédito do Agronegócio – LCA.

No site dos principais bancos e instituições financeiras que atuam no Brasil há informações detalhadas sobre a adesão a cada tipo de investimento e os pré-requisitos.

Na seção Poupança, no site do Banco Central, é possível acompanhar em tempo real a remuneração dos depósitos de poupança.



Deixe uma resposta