You are currently viewing FGTS 2021: Saque Aniversário FGTS – Vantagens e Desvantagens

FGTS 2021: Saque Aniversário FGTS – Vantagens e Desvantagens

  • Post category:FGTS

Você já optou pelo saque aniversário FGTS e está na dúvida se fez um bom negócio? Ou então, está na dúvida se deve aderir ou não à modalidade e gostaria de saber se vale mesmo a pena?

Desde que o governo alterou as regras de saque do dinheiro depositado nas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço dos trabalhadores, também surgiram muitas dúvidas sobre essa nova possibilidade de saque anual do dinheiro acumulado nas contas de FGTS.

No vídeo de hoje, vamos explicar como funciona essa modalidade de saque, suas principais características e as principais vantagens e desvantagens de aderir ao saque aniversário FGTS. 

Vamos lá, vamos direto ao que interessa!

PUBLICIDADE

 

Saque Aniversário FGTS: O que é?

O Saque Aniversário FGTS é uma das modalidades de saque do FGTS disponíveis para os trabalhadores desde 2019. Através dessa opção, todos os anos, no mês de seu aniversário, o trabalhador pode sacar uma parte do valor disponível nas suas contas de FGTS, sejam elas ativas ou inativas.

O valor que pode ser sacado é um percentual do saldo da conta do FGTS. Se o saldo for de até R$ 500,00, é permitido o saque de 50% desse valor. À medida que o saldo da conta aumenta, reduz o percentual que pode ser sacado anualmente.

Quem tiver interesse em optar pelo Saque Aniversário, pode fazer isso através de diferentes canais:

  • o site do FGTS na CAIXA, que é o fgts.caixa.gov.br; ou
  • o aplicativo do FGTS, disponível tanto para aparelhos Android quanto para Iphones; ou
  • solicitar a opção no Internet Banking CAIXA.

Tudo isso pode ser feito de forma online, sem a necessidade de deslocamento físico a nenhuma agência e sem se sujeitar a aglomerações.

PUBLICIDADE

 

Qual o valor do saque aniversário FGTS?

Para saber qual o valor que você pode sacar anualmente de saque aniversário, é preciso saber qual o valor de saldo total de FGTS, ou seja, a soma de todas as contas abertas em nome do trabalhador, considerando que uma pessoa pode ter diversas contas de FGTS atreladas a seu nome. 

Sempre que o trabalhador muda de emprego, é aberta uma nova conta de FGTS (saiba como gerar o extrato analítico do FGTS). É por isso que falamos em contas ativas e contas inativas. A conta ativa corresponde a do trabalho atual, onde há depósitos mensais realizados pelo empregador, e as contas inativas são as contas de FGTS referentes a empregos passados.  

Dependendo do saldo total de todas as contas, para calcular o valor do saque aniversário FGTS, é aplicado um percentual, que é acrescido a uma parcela adicional, de acordo com a seguinte tabela:

  • saldo de até R$ 500,00 – alíquota de 50%
  • saldo de R$ 500,01 a R$ 1.000,00 – alíquota de 40% + parcela adicional de R$ 50,00
  • saldo de R$ 1.000,01 a R$ 5.000,00 – alíquota de 30% + parcela adicional de R$ 150,00
  • saldo de R$ 5.000,01 a R$ 10.000,00 – alíquota de 20% + parcela adicional de R$ 650,00
  • saldo de R$ 10.000,01 a R$ 15.000,00 – alíquota de 20% + parcela adicional de R$ 1.150,00
  • saldo de R$ 15.000,01 a R$ 20.000,00 – alíquota de 10% + parcela adicional de R$ 1.900,00
  • saldo acima de R$ 20.001,00 – alíquota de 5% + parcela adicional de R$ 2.900,00

Desta forma, se o trabalhador possuir saldo de FGTS menor que R$ 500,00, ao aderir ao saque aniversário, ele poderá sacar 50% desse valor no mês do seu nascimento.

PUBLICIDADE

Já para saldos superiores a R$ 500,00, o valor do saque aniversário vai depender da alíquota constante na parcela.

Vamos a um exemplo: Imagine um trabalhador que possua R$ 12 mil de saldo somando todas as contas de FGTS em seu nome. Esse trabalhador poderá sacar 15% do saldo, já que está na faixa de R$ 10 mil até R$ 15 mil. Esses 15% dos R$ 12 mil que ele possui de saldo, correspondem a R$ 1800,00. A esse valor é ainda adicionada parcela de R$ 1150,00. Então, esse trabalhador poderá sacar R$ 2950,00.

É importante destacar que o saque aniversário é uma opção que o trabalhador pode escolher se vai aderir ou não. E é exatamente nesse aspecto que surgem as maiores dúvidas. Afinal, vale ou não a pena aderir ao saque aniversário FGTS.

Vamos ver as vantagens e desvantagens da modalidade?

PUBLICIDADE

 

Saque Aniversário FGTS: Principais Vantagens

A principal vantagem do Saque Aniversário FGTS é a possibilidade do trabalhador poder contar anualmente com um dinheiro extra, sacado diretamente da sua conta de FGTS.

Antes da existência do Saque Aniversário, o trabalhador só podia acessar o dinheiro que estava no FGTS caso fosse demitido sem justa causa, ou quando se aposentasse, ou fosse comprar uma casa própria, dentre outras situações previstas em lei.

E é óbvio que um dinheiro extra é sempre bom, ainda mais considerando a crise que estamos enfrentando.

Além disso, o rendimento do dinheiro existente nas contas de FGTS, não é a opção de aplicação das mais rentável que existe. 

PUBLICIDADE

Se você estiver com as contas em dia, um bom negócio é aderir ao saque aniversário FGTS e transferir o dinheiro para outras opções de investimento que tragam maior rentabilidade para o seu dinheiro.

Outra realidade é se o trabalhador estiver com dívidas: nesse caso, não há o que pensar. Torna-se muito vantajoso sacar esse dinheiro e se livrar de juros altíssimos como os do cartão de crédito ou do cheque especial.

 

Saque Aniversário FGTS: Principais Desvantagens

Agora, tem um outro ponto: uma vez que o trabalhador opte por receber anualmente o saque aniversário FGTS, ele perde o direito de retirar o saldo total da sua conta em caso de demissão sem justa causa, o chamado saque rescisão. 

E, esse dinheiro pode fazer a diferença em caso em caso de demissão, para que o trabalhador se organize até arranjar um novo emprego. Então, acaba sendo uma desvantagem perder essa possibilidade de saque.

PUBLICIDADE

Cada pessoa precisa avaliar se possui uma reserva de emergência, para recorrer em caso de demissão. Se a resposta for não, pode não ser interessante adotar o saque aniversário, para não correr o risco de ficar com as contas descobertas em uma emergência profissional.

Lembrando que os trabalhadores que aderem ao saque aniversário FGTS receberão na rescisão apenas a multa de 40% e os demais direitos como aviso prévio e o proporcional de férias e décimo terceiro salário.

E tem mais, uma vez solicitado o saque aniversário FGTS, o trabalhador só pode retornar para o saque rescisão após 2 anos da mudança. 

PUBLICIDADE

Deixe um comentário