You are currently viewing Veja Como Abrir Conta Poupança Santander

Veja Como Abrir Conta Poupança Santander

  • Post category:Banco

A conta poupança Santander ainda é uma das principais opções para quem deseja poupar dinheiro ou ter uma conta bancária sem ter que arcar com os custos da conta corrente.

Isso porque, para que um titular abra uma conta poupança Santander, não é preciso ser correntista.

A vantagem oferecida aos clientes é que, além de guardar seu dinheiro, o valor armazenado na caderneta de poupança gera rendimentos, cujo percentual varia de acordo com alguns índices, como a taxa Selic, por exemplo, como detalhamos neste artigo.

Se você está pensando em abrir uma conta poupança Santander, este artigo é para você. Trouxemos informações pertinentes sobre essa modalidade de conta. Continue lendo e tire suas dúvidas.

PUBLICIDADE

 

Como Funciona a Conta Poupança Santander?

De acordo com as informações compartilhadas pela própria instituição, os depósitos podem ser feitos na conta poupança Santander a qualquer dia do mês e, portanto, ela é caracterizada como multidata.

Além disso, a conta oferece diversas datas de aniversário, oferecendo ao titular a indicação da melhor data para fazer o resgate.

Vale ressaltar ainda que se você é correntistas, quanto mais aplica na conta poupança Santander, mais benefícios são concedidos. A depender do valor aplicado, o banco pode oferecer até mesmo isenção de tarifas.

Outra funcionalidade disponibilizada aos clientes da conta poupança Santander é o investimento programado.

PUBLICIDADE

Os demais serviços aos quais o titular tem acesso são:

  • Possibilidade de até dois saques por mês no caixa eletrônico;
  • Possibilidade de até duas transferências por mês para contas Santander;
  • Emissão de até dois extratos por mês;
  • Emissão de cartão de débito para movimentar sua conta;
  • Todas as consultas (como saldo e extrato, por exemplo) feitas online, pelo Internet banking ou aplicativo, são gratuitas.

Por fim, lembramos que a conta poupança Santander é garantida pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), uma associação que tem como objetivo proteger investimentos de poupanças em casos de riscos eventuais.

Ou seja, se você investiu seu dinheiro na conta Poupança Santander e após algum tempo a instituição declarou falência (algo altamente improvável, já que se trata de uma instituição sólida, em atuação há vários no país), o FGC opera como uma espécie de seguro  para os titulares, devolvendo o valor investido.

 

Como Abrir Conta Poupança Santander?

Se você já é correntista do Santander, ter acesso à poupança é muito fácil e rápido, basta fazer um Depósito Programado de Poupança (DPP) de qualquer valor.

PUBLICIDADE

Desse modo, você determina um valor, e todos os meses esse valor será creditado à sua conta poupança.

Ressaltamos que você pode transferir fundos da conta corrente para a conta poupança tanto nos caixas eletrônicos, quanto pelo aplicativo do Santander.

Por outro lado, se você ainda não é correntista do Santander, é necessário ir até uma agência para abrir sua conta poupança Santander. Para isso, esteja munido dos seguintes documentos:

  • Documento original com foto (RG ou CNH);
  • Número do CPF;
  • Comprovante de residência (conta de água, luz ou telefone).

Será por meio destes documentos que a instituição irá fazer seu cadastro no banco de dados. Além disso, por meio de seu CPF será feita uma análise de crédito, verificando o score. Lembramos que pessoas com restrições ou score muito baixo dificilmente terão acesso a crédito na instituição (como empréstimo, financiamentos e cartões de crédito, por exemplo).

PUBLICIDADE

Após fornecer a documentação e informar que deseja abrir sua conta poupança Santander, o atendente irá gerar o contrato. Assine-o e aguarde até chegar o seu cartão para começar as movimentar a conta e fazer seus investimentos.

 

Sou Menor de Idade, Posso Abrir Conta Poupança Santander?

Sim. Pessoas menores de idade também podem abrir poupança na instituição. No entanto, para aqueles que têm de zero a dezesseis anos, é necessário que haja um responsável legal que apresente seus documentos junto com os documentos do menor, além de certidão de nascimento.

Deixe um comentário