Prova de vida do INSS prorrogada até abril

Prova de vida do INSS prorrogada até abril

  • Post category:INSS

A prova de vida do INSS  foi prorrogada novamente até o final do mês de abril. O procedimento é necessário aos segurados do INSS que recebem o benefício por meio de conta corrente, conta-poupança ou cartão magnético.

Anualmente, os segurados devem comprovar que estão vivos. Sendo esta uma forma de dar mais segurança ao próprio cidadão e ao sistema, uma vez que o procedimento ajuda a evitar fraudes e pagamentos indevidos dos benefícios. Porém, em razão dos protocolos de segurança devido à pandemia do COVID-19, a prova de vida do INSS está suspensa desde março do ano passado (2020). Enquanto estiver suspensa a prova de vida do INSS, não pode haver o bloqueio dos benefícios.

Normalmente a prova de vida é realizada todos os anos, sendo obrigatória para aposentados e pensionistas. É exigida para que haja maior segurança quanto ao pagamento do benefício e consiste no ato de o segurado ou um representante legal comparecer à instituição bancária onde o benefício é recebido, com um documento de identificação.

No ano de 2021, essa é a segunda prorrogação da suspensão da prova de vida do INSS. No início deste ano, um decreto foi publicado, no dia vinte de janeiro, prorrogando a suspensão da prova de vida até fevereiro.

PUBLICIDADE

Porém, a partir de maio, voltará a ser obrigatório realizar a prova de vida do INSS para evitar a suspensão dos benefícios, segundo o Presidente do INSS, Leonardo Rolim. A prorrogação da prova de vida do INSS vale para os beneficiários tanto residentes no Brasil quanto no exterior.

Em algumas instituições bancárias, a prova de vida do INSS já pode ser realizada por meio da tecnologia biométrica nos terminais de autoatendimento.

 

Prova de vida do INSS online

Desde agosto do ano passado a prova de vida do INSS pode ser feita através do site ou aplicativo (disponível para Android ou IOS), Meu INSS, por meio da biometria facial, para aqueles beneficiários que possuem mais de 80 anos ou com alguma restrição de mobilidade. A dificuldade de locomoção deve ser comprovada por meio de um documento como um atestado, ou declaração médica.

À medida que ocorrem as prorrogações da prova de vida, o governo anunciou, em contrapartida,  a ampliação da prova de vida do INSS de forma digital. No ano passado, o projeto passava por sua fase piloto, no qual participaram cerca de 500 mil beneficiários de todo o país. Atualmente, a intenção é que mais de 5,3 milhões de beneficiários participem. No ano passado esse foi o número de segurados (mais de 5,3 milhões) que não realizaram a prova de vida e não houve nenhuma consequência devido a suspensão da obrigatoriedade.

PUBLICIDADE

Como ainda está em fase inicial, a prova de vida digital será realizada para alguns segurados selecionados e não para todos. Os beneficiários que forem escolhidos para participarem do serviço digital devem receber o contato do INSS por meio de mensagens enviadas por SMS ou e-mail.

Para esta nova etapa de ampliação da prova de vida do INSS digital, já foram contatados os beneficiários que estavam com o benefício suspenso ou que deveriam ter realizado a prova de vida antes da pandemia. Vale lembrar que se o INSS entrar em contato é importante que o segurado realize o procedimento de prova de vida o mais rápido possível e assim garanta a continuidade do benefício.

 

Como funciona a prova de vida digital?

Utilizando a biometria facial, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) usa a base de dados do Denatran (Departamento Nacional de Transito) e do Tribunal Superior Eleitoral, visando selecionar aqueles que possuem então carteira de motorista ou título de eleitor.

O segurado que participar do projeto piloto e realizar a prova de vida por biometria tem seu procedimento efetivado, por isso o beneficiário não irá precisar futuramente se deslocar até uma instituição bancária para o processo.

PUBLICIDADE

Deixe uma resposta