Renda Cidadã Adiado para Depois das Eleições Municipais

Renda Cidadã Adiado para Depois das Eleições Municipais

O Senador Márcio Bittar informou hoje: Renda Cidadã adiado. É isso mesmo. O novo programa social que ficará no lugar do Bolsa Família não será mais apresentado na próxima semana.



Renda Cidadã Adiado: Depois das Eleições Municipais

Renda Cidadã adiado. O Senador Márcio Bittar disse hoje que irá apresentar o Renda Cidadã apenas após o fim das eleições municipais. Ou seja, a apresentação do Renda Cidadã que inicialmente aconteceria quarta-feira (07/10) e depois foi adiado para a próxima semana, foi agora prorrogada para após as eleições.

Em entrevista ao Valor Investe, o Senador Bittar explicou os motivos que o levaram a ter o Renda Cidadã adiado. Ele disse o seguinte:

“Percebi essa necessidade nos últimos dois dias. Há uma vontade coletiva. As pessoas chegam para você, perguntam como está isso, perguntam sobre aquilo e aí sugerem, educadamente: ‘o que você acha de deixar para depois?’. Você começa a perceber que as pessoas estão te mandando um recado. Então, consultei ele ontem no almoço com líderes e ele concordou”.



O ele, a quem o Senador Bittar se refere é o Presidente Bolsonaro.

Mas, ao mesmo tempo que eles resolveram adiar esse tema, eles reconhecem a urgência em ter o novo programa social aprovado ainda esse ano. 

Isso porque o auxílio emergencial irá somente até o final de dezembro e, até lá, será preciso ter uma solução para as milhares de pessoas que ficarão desassistidas com o fim do auxílio emergencial.

Veja o que Bittar falou nesse sentido:

“Tem que ser este ano. Como milhões de pessoas vão acordar desprotegidas em 1º de janeiro de 2021. Passa as a eleições e o Congresso vai resolver. Como não conseguimos resolver essa parada há duas semanas, agora não é o melhor momento. Não posso apresentar o relatório falando por mim mesmo. Seria temerário tentar resolver o assunto assim”.



Esse momento inapropriado a que ele se refere é o fato de os parlamentares estarem com as suas atenções voltadas para as eleições municipais, em seus estados. Ele reconhece que encontrar a fonte do dinheiro para financiar o Renda Cidadã será complexa e envolverá intenso debate, mas, por conta das eleições, o foco dos deputados e senadores não estará totalmente voltado para as discussões em Brasília.

Ainda segundo ele:

“Não tem lugar para tirar dinheiro em que não vá haver resistência de determinados setores. E tem líderes que são fundamentais nesse processo que estão com o foco dividido. A campanha já é agora e você precisa dessas pessoas. Na semana que vem, por exemplo, você não tem mais como reunir todo mundo”.

Então, é isso: Renda Cidadã adiado. Só conheceremos os detalhes do novo projeto após as eleições.

Veja esse artigo também através do nosso canal do Youtube:



Deixe uma resposta