Volta às aulas: Veja como está o retorno por estado
View of the interior of elementary school.

Volta às aulas: Veja como está o retorno por estado

  • Post category:Notícias

A maioria dos estados brasileiros já decretaram a volta às aulas com a chegada da vacina queda no número de contágio da novo Coronavírus. Essa decisão vem angariando opiniões fervorosas nos dois polos: alguns defensores apontam que não tem sentido manter outros estabelecimentos abertos enquanto as escolas estão com as portas fechadas. Em contrapartida, no outro oposto, há quem seja contra a abertura como uma medida de contenção de contágio.

Sopesando as opiniões e avaliando o cenário com cautela, os estados vêm emitindo decretos acerca da volta às aulas, com datas previstas, recomendações de higiene, medidas de segurança, dentre outras prescrições.

No entanto, muitos núcleos e municípios têm adotado políticas de reabertura próprias e, diante disso, muitos alunos, pais e até mesmo profissionais da educação não sabem a que pé está, de fato, a volta às aulas.

Estados Brasileiros Que Aderiram à Volta às Aulas

Atualmente já contabilizam quinze estados os que decretaram a volta às aulas depois de quase um ano de aulas presenciais paralisadas.

Dentre esses estados, Goiás já tinha escolas funcionando presencialmente desde janeiro.

Os estados que, até agora, se posicionar favoravelmente à volta às aulas são:

  • Amazonas
  • Ceará
  • Espírito Santo
  • Maranhão
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Mato Grosso
  • Pará
  • Paraná
  • Pernambuco
  • São Paulo
  • Tocantins

Como Ira Funcionar a Volta às Aulas?

Cada estado está adotando suas políticas próprias para conduzir a volta às aulas da melhor maneira possível nesse momento delicado, que envolve o contato frequente entre crianças e adultos.

No Amazonas, por exemplo, o retorno será, nesse primeiro momento, totalmente remoto para as três redes de ensino. Contudo, a rede particular já retornou desde 1º de fevereiro, enquanto as escolas estaduais e municipais estão com o retorno previsto para o dia 18 de fevereiro.

Como uma forma de facilitar o acesso às aulas remotas, o estado decidiu transmitir as aulas pela televisão, via satélite.

Já no estado do Espírito Santo, a volta às aulas será híbrida, ou seja, parte presencial e parte remota. As escolas capixabas particulares retornaram às atividades dia 1º de fevereiro, enquanto as escolas estaduais voltaram dia 4 do mesmo mês e, por fim, a maioria das escolas municipais iniciarão o novo ano letivo no dia 22 de fevereiro.

Assim como no ES, no Paraná há autorização para retorno ao ensino híbrido, em que o aluno pode comparecer às aulas presencialmente, devendo mesclar com atividades e aulas online. O estado paranaense contou com autorização para volta às aulas desde o dia 17 de dezembro do ano passado.

Em Rondônia as escolas privadas já têm autorização para volta às aulas já está valendo na modalidade híbrida. Por outro lado, as escolas estaduais e municipais retomarão as atividades educativas a partir do dia 22 de fevereiro.

Saindo do norte e indo ao sul, o estado de Santa Catarina, as escolas privadas puderam retornar às aulas sob a modalidade híbrida desde o dia 1º deste mês. O município de Florianópolis abriu suas escolas municipais em 10 de fevereiro de forma totalmente remota.

Já as escolas estaduais catarinenses poderão aderir ao ensino híbrido a partir de 18 deste mês.

No estado paulista a modalidade de ensino ainda será híbrida. Desde o dia 1º de fevereiro as escolas já estavam autorizadas e retomar suas atividades, enquanto a rede estadual pôde retornar no último dia 10 e as escolas estaduais poderão voltar no dia 15 de fevereiro.

No Tocantins todas as escolas já estão autorizadas por meio de decreto estadual a retomar as atividades. No estado, a volta às aulas ocorreu no dia 2 de fevereiro nas instituições privadas, enquanto as escolas estaduais puderam voltar a partir do dia 8 de fevereiro. Na rede municipal de Palmas, as escolas retornarão apenas dia 1º de março.

Atenção: quem já está de olho em uma vaga no ensino superior pode se beneficiar com o SISU. O edital de 2021 já foi divulgado! Clique aqui e saiba mais sobre a inscrição.

Deixe uma resposta