Fim do Auxílio Emergencial: Última Parcela Já Está Sendo Paga

Fim do Auxílio Emergencial: Última Parcela Já Está Sendo Paga

O fim do auxílio emergencial, programa criado pelo Governo Federal para combater os impactos financeiros causados pela crise que ocorreu em 2020, deixa milhões de brasileiros sem perspectiva para retomada de renda.

O benefício, que foi prorrogado por algumas vezes e acabou se estendendo mais do que o planejado pela União, contemplou milhões de brasileiros, oferecendo pagamento às pessoas que foram afetadas economicamente.

O Governo criou uma verdadeira força-tarefa para atender aos requerentes, chegando, com o fim do auxílio emergencial, a nove parcelas pagas no total. Mas nem todo mundo receberá as 9 parcelas, já que a extensão do benefício foi paga de acordo com o mês que o beneficiário recebeu a primeira parcela.

Neste mês de dezembro, quem primeiro recebeu a 9ª parcela, demarcando o fim do auxílio emergencial, foram os beneficiários do Bolsa Família e, em seguida, a ordem de pagamentos vem sendo definida de acordo com o mês de nascimento do beneficiário.

PUBLICIDADE

 

Fim do Auxílio Emergencial: Incertezas e Novas Propostas

Com o encerramento de pagamento das parcelas que resultam no fim do Auxílio Emergencial, milhões de pessoas ficam sem expectativa de renda, já que para muitas famílias, o benefício garante o pagamento de contas básicas.

Com a crise, milhares de pessoas ficaram desempregadas ou tiveram sua renda reduzida. Nesse cenário, o Auxílio representou uma importante ajuda.

No entanto, embora o Governo tenha descartado a prorrogação do benefício para 2021, há a possibilidade de expandir o Bolsa Família, alargando os parâmetros de admissão no programa e aumentando a renda, haja vista que o Auxílio Emergencial foi fundamental para manter a economia, sobretudo os pequenos negócios, em funcionamento.

Neste post explicamos melhor quais são as propostas para o novo molde do Bolsa Família e o que o Governo espera poder contemplar.

PUBLICIDADE

 

Calendário de Pagamento de Dezembro do Auxílio Emergencial

Dezembro consumou o fim do Auxílio Emergencial, que ajudou mais de 68 milhões de brasileiros e custou mais de R$400 bilhões de reais ao orçamento da União.

Confira abaixo o calendário de pagamento da última parcela do benefício:

Segunda (21/12/2020) – 4,2 milhões de pessoas nascidas em setembro poderão receber a última parcela, que será de R$ 600 reais para mães de família, ou de R$ 300 para os demais beneficiários; além disso, 1,6 milhão de pessoas inscritas no Bolsa Família com NIS final 8 vão poder sacar o último pagamento;

Terça-feira (22/12/2020) – 1,6 milhão de pessoas inscritas no Bolsa Família com NIS final 9 vão poder sacar o último pagamento;

PUBLICIDADE

Quarta-feira (23) – 3,3 milhões de pessoas nascidas em outubro poderão receber a última parcela, que será de R$ 600 reais para mães de família, ou de R$ 300 para os demais beneficiários; além disso, 1,6 milhão de pessoas inscritas no Bolsa Família com NIS final 0 vão poder sacar o último pagamento.

Além disso, há parcelas já creditadas, acompanhe o calendário retroativo e verifique se você já tem direito ao recebimento do fim do Auxílio Emergencial:

  • quinta-feira, 10 de dezembro: pagamento da nona parcela para inscritos com NIS final 1;
  • sexta-feira, 11 de dezembro: pagamento da nona parcela para inscritos com NIS final 2;
  • segunda-feira, 14 de dezembro: pagamento da nona parcela para inscritos com NIS final 3;
  • terça-feira, 15 de dezembro: pagamento da nona parcela para inscritos com NIS final 4;
  • quarta-feira, 16 de dezembro: pagamento da nona parcela para inscritos com NIS final 5;
  • quinta-feira, 17 de dezembro: pagamento da nona parcela para inscritos com NIS final 6;
  • sexta-feira, 18 de dezembro: pagamento da nona parcela para inscritos com NIS final 7.

Deixe uma resposta