6 dicas para vender produtos online para ganhar dinheiro
vender produtos online

6 dicas para vender produtos online para ganhar dinheiro

O mercado virtual vem crescendo muito nos últimos anos e vender produtos online já é uma prática normal em várias organizações.

A criação de um infoproduto é uma realidade para o comércio moderno. Mas afinal, como vender produtos on-line para ganhar dinheiro?

Domine o seu produto e nicho de mercado para vender produtos online

Antes de mais nada, é fundamental que você tenha um conhecimento sofisticado sobre o que irá vender para conseguir vender produtos online.



Nesse contexto, os seus clientes em potencial vão entender que você sabe do que está falando e confia no seu produto ou serviço.

Caso contrário, será apenas mais um nesse mercado. É preciso que você demonstre de maneira clara qual o seu diferencial e o porquê de o consumidor escolher o seu produto, e não de outros que já estão no mercado.

Crie “iscas de venda” para vender produtos online

Iscas de venda são basicamente um “test drive” do que você tem a oferecer no mercado. Elas podem aparecer na forma de um mapa mental, ou e-book.

Nele devem estar presentes as principais missões e valores do seu produto, além dessa estratégia ser trivial para convencer o cliente a realizar a compra.

Caso queira criar um infoproduto, é preciso que ele tenha um bom design e escrita, além de palavras-chaves para um bom rankeamento de vendas.

Procure os clientes certos

Muitas pessoas entram no mercado virtual procurando atingir a maior quantidade de clientes possíveis.

Criando diversos conteúdos, postando “piadinhas” diárias em redes sociais.

Contudo, para ter sucesso vendendo on-line é fundamental buscar o cliente certo para a sua venda.



Caso contrário, você irá apenas ficar andando em círculos. O ideal é focar em conversão, e não em quantidade. Converter um cliente é fazê-lo comprar o seu produto ou serviço.

De nada adianta ter 10 mil seguidores em uma rede social, ou uma série de “likes” em seus posts e não conseguir nenhum cliente.

A criação de conteúdo no mercado virtual, de fato, é algo importante, mas está longe de ser o principal fator para a conversão.

Uma dica é pagar o Instagram, ou utilizar ferramentas de alcance como o Facebook Ads.

O foco dessas duas ferramentas é a conversão, a primeira aumenta a visibilidade das publicações e você escolhe o nicho de mercado que irá querer, e o segundo é um grupo de publicidade para anunciar os seus produtos e serviços.

Acredite, é muito mais interessante você pagar para que os algoritmos de busca consigam achar o seu cliente de “bandeja” do que ficar esperando o acaso, que um seguidor se interesse somente por suas publicações.



Além disso, você ter um produto diretamente indicado pelas redes sociais agregará valor aos seus produtos e serviços, ganhando uma maior credibilidade e atraindo os melhores clientes.

Utilize um bom funil de vendas para vender produtos online

Para o mercado virtual, e, consequentemente para a venda de produtos on-line, o funil de vendas é fundamental. Mas por que eu deveria ter um funil de vendas no meu negócio?

Bom, tanto em negócios e relacionamentos, as pessoas são muito diretas, principalmente no ramo de vendas.

É muito comum entrar em uma loja e o vendedor simplesmente querer “empurrar um produto para o você”, sem ao menos você perceber se aquele produto de fato irá servir ou não.  Ou seja, não há nenhuma interação com o cliente, e é por isso que a experiência com vendedores raramente é agradável.

Ou seja, geralmente, se uma empresa vai direto ao ponto com o seu cliente, a projeção de vendas irá diminuir, pois ele não funciona.

A criação de um relacionamento com um consumidor em potencial é uma forma de conseguir o seu apreço, possibilitar a sua identificação com o seu produto e desenvolver empatia com a empresa.

Um funil de vendas, nada mais é do que um processo onde primeiro há uma fase de relacionamento, ou seja, você atrai pessoas para o seu negócio e para o seu nicho.

Começa a se relacionar com elas de alguma maneira e entrega algum valor para elas, essa é a primeira etapa do funil de vendas.



A segunda etapa parte do interesse do consumidor com o produto ou serviço oferecido, onde as pessoas começam a te acompanhar, isso é denominado Lead.

Note que uma isca de vendas, mencionada anteriormente, pode ser uma forma de oferecer valor ao seu cliente. Esse processo de conseguir atrair pessoas para o seu negócio, é justamente a conversão citada nos tópicos anteriores.

Essa conversão é importante para a venda de produtos on-line, pois agora você terá alguém que possui interesse no que você está falando. E esse é o pilar para a estratégia de um funil de vendas.

Após a “captura” do cliente e a criação de Leads começa a terceira fase do funil de vendas, que é quando o interessado vira uma oportunidade de negócio.

Após você criar um vínculo com o Lead e ensinar para ele a sua proposta de mercado, você mostra para ele que existe uma oportunidade.

Nesse momento, é que você pode transformar essa oportunidade em venda, que é justamente o “produto final” da ferramenta de funil.

Vendas online são baseadas em promover o seu produto e convencimento do cliente, e mesmo sem estar fisicamente próximo a ele – o que não necessariamente resultaria em uma venda – você pode ter sucesso.

Basta se adaptar e utilizar a venda remota como uma forma de atrair o cliente certo.

Assim, pouco importará o preço de sua venda, pois fazer que uma pessoa queira comprar o seu produto, é muito mais importante do que você querer vendê-lo. Pois quem quer comprar, certamente pagará o preço necessário.



Não tenho um produto ou serviço para vender, e agora?

A internet não oferece oportunidades apenas para pessoas que tem empresas ou possuem habilidades interessantes para serem transformadas em produtos e serviços virtuais.

Um exemplo é uma rede de afiliados, plataformas como o Hotmart possibilitam que você venda mercadorias digitais que não são suas, sendo comissionado por isso.

É uma forma barata de empreender, e uma excelente oportunidade para vendas online.

Se você é bom com vendas e tem bons relacionamentos, procure produtos que se identifiquem com as pessoas que você convive, ou crie uma rede social sobre o assunto e comece a produzir bons conteúdos – o funil de vendas pode ser utilizado.

Assim, é possível que você adquira uma renda extra, ainda compreenda como funciona o mercado virtual.

Faça um curso de Marketing Digital para vender produtos online

O Marketing é a alma de qualquer negócio, todavia, a sua inovação é constante, e o Marketing Digital é o maior expoente das vendas de produtos online.

Por essa análise, um empreendedor virtual precisa compreender todas as ferramentas de Marketing, que vão desde redes sociais até o SEO (Search Engine Optimization).

Existem diversos cursos disponíveis na internet sobre o assunto, de excelente qualidade e preço acessível. Contudo, caso você não tenha tempo para conseguir, você pode recorrer a empresas que fazem assessoria nessa ramificação de marketing.

Há diversas novas empresas desse ramo no mercado, que podem te ajudar em suas vendas de produtos online e potencializar o seu resultado, aquisição e fidelização de clientes.

É perceptível que o mundo dos negócios está mudando, é impossível prever a que ponto a internet irá dominar o mercado, por isso, a adaptação é a chave para o sucesso do empreendedorismo digital, que é algo que ainda está em ascensão.

Imagine se você tivesse comprado uma bitcoin logo no começo dessa moeda? Quantos milhares de reais não estariam na sua conta? Perceba, talvez a adaptação ao mercado virtual para vender produtos online seja essa oportunidade. Não fique parado!

Aprenda também como vender produtos online no Facebook.



 

 

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta